NOVA PESQUISA REVELA QUE ADOÇANTES ARTIFICIAIS PODEM TER O EFEITO OPOSTO DO DESEJADO

adocantes-artificiais

Um recente estudo intitulado “Os adoçantes artificiais induzem intolerância à glicose através da alteração da microbiota intestinal” revelou que a ingestão de adoçantes artificiais muda vias metabólicas de micróbios no intestino, o que contribuiu para intolerância à glicose. Os adoçantes artificiais não são absorvidos pelo organismo: sua única finalidade é adoçar alimentos. No entanto, a longo prazo, o consumo pode afetar a forma como o corpo responde à glicose. De acordo com a pesquisa, quando os adoçantes artificiais percorrem os intestinos, eles entram em contato com bactérias intestinais e alteram sua composição. No estudo camundongos foram alimentados com os três dos adoçantes artificiais mais comumente utilizados (aspartame, sacarina e sucralose) durante 11 semanas. Em seguida, os camundongos ingeriram bebidas de elevado teor de glicose e tiveram o sangue testado. Os resultados foram surpreendentes! No grupo de controle (camundongos que não foram alimentados com adoçantes artificiais), houve um aumento repentino dos níveis de glicose no sangue seguido por um declínio, já que o pâncreas responde produzindo insulina promovendo a absorção de glucose pelas células, o que é normal. No entanto, no grupo experimental (camundongos que foram alimentados com adoçantes artificiais), o pico de glicose no sangue foi maior e o declínio mais longo – assemelhando-se a resposta observada em pessoas com diabetes. Os pesquisadores então promoveram o estudo agindo sobre uma hipótese: talvez os micróbios no intestino tivessem algo a ver com isso. Eles deram antibióticos aos camundongos para matar as bactérias do intestino e mais uma vez os alimentaram com bebida de alto teor de glicose. Desta vez, os resultados foram normais. Quando tomaram amostras de bactérias do intestino do grupo experimental, verificaram que houve um aumento nos tipos de bactérias que se alimentam dos adoçantes – os mesmos tipos de bactérias que têm sido associadas à obesidade!

Se você estiver usando adoçantes artificiais para controlar seu peso, talvez seja a hora de tomar uma rota mais natural. Você poderia, por exemplo, partir para versões 100% naturais como as folhas desidratadas de stévia ou o açúcar de coco, famoso pelo baixo índice glicêmico. Você encontra estes produtos na loja virtual da Zona Cerealista Online www.zonacerealista.com.br

 

#adoçantes #stévia #açúcardecoco #zonacerealista #zonacerealistaonline

Deixe um Comentário