Intolerância à Lactose atinge 43% dos brancos e mulatos no Brasil
Dicas Nutricionais

Intolerância à Lactose atinge 43% dos brancos e mulatos no Brasil

Intolerância à Lactose atinge 43% dos brancos e mulatos no Brasil

Intolerância à lactose significa que o corpo não pode digerir facilmente a lactose, um tipo de açúcar natural encontrado no leite e produtos lácteos. Isso não é o mesmo que uma alergia alimentar ao leite. Quando a lactose se move através do intestino grosso (cólon) sem ser devidamente digerida, pode causar sintomas desconfortáveis, como gases, dor no ventre e inchaço.

Intolerância à lactose é comum em adultos. Ocorre mais frequentemente em nativos americanos e pessoas de ascendência asiática, africana e sul-americana do que entre pessoas de ascendência européia.

Uma pesquisa foi publicada na Revista da Associação Médica Brasileira, em que 43% dos brancos e dos mulatos têm alelo de persistência da lactase. Entre brasileiros negros e asiáticos o percentual seria ainda maior. Apesar disso, na prática clínica, indivíduos com intolerância a lactose podem ser orientados a consumir alguns derivados do leite e alimentos contendo lactose sem apresentar sintomas de intolerância, enquanto que outros não poderão digerir nenhum produto lácteo. Para saber ao certo, é necessário fazer os exames sob orientação médica.

A intolerância a lactose é classificada em três tipos, a primária que é o resultado do envelhecimento, secundaria que vem através de alguma doença ou ferimentos e a congênita, quando a pessoa já nasce com a intolerância. Um grande desafio para as pessoas que são intolerantes à lactose é aprender a comer para evitar desconforto e obter cálcio suficiente para ossos saudáveis.

O que causa intolerância à lactose?

Intolerância à lactose ocorre quando a mucosa do intestino delgado não produz o suficiente uma enzima chamada lactase. Seu corpo precisa de lactase para quebrar, ou digerir, lactose. Às vezes, o intestino delgado deixa de produzir lactase após uma doença de curto prazo, como a gripe estomacal ou como parte de uma doença de longa duração, como fibrose cística. Ou o intestino delgado às vezes deixa de fazer lactase após a cirurgia para remover uma parte do intestino delgado. Nestes casos, o problema pode ser permanente ou temporário.

Quais são os sintomas?

Os sintomas de intolerância à lactose podem ser leves a graves, dependendo da quantidade de lactase que seu corpo produz. Os sintomas geralmente começam 30 minutos a 2 horas depois de comer ou beber produtos lácteos. Se você tem intolerância à lactose, seus sintomas podem incluir: inchaço, dor ou cólicas, gases, fezes soltas ou diarreia e vomitar. A condição normalmente desaparece.

Uma das maiores preocupações para as pessoas que são intolerantes à lactose é garantir que eles tenham o suficiente dos nutrientes encontrados nos produtos lácteos, especialmente o cálcio.

Para as pessoas que desejam restringir o consumo da lactose, a dica são os leites vegetais (como o leite de arroz e leite de amêndoas) e os queijos veganos (como o famoso Maniocheese) ou produtos com zero lactose, como a manteiga vegetal . Na Zona Cerealista Online você encontra diversas opções! Visite nosso site www.zonacerealista.com.br Enviamos para todo o Brasil!

#zerolactose #semlactose #zonacerealista #zonacerealistaonline

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *