Dicas Nutricionais

FAST FOOD COM ANTIBIÓTICOS

Fast Food (q)

 

Um relatório do Centro de Segurança Alimentar dos EUA publicado recentemente concluiu que a maioria das grandes cadeias de restaurantes norte-americanas não possuem política para limitar o uso de antibióticos empregados na criação de gado, porcos e aves. Cadeias bem conhecidas pelos brasileiros como McDonald’s, Burguer King, Subway, Starbucks e muitras outras aparecem mal posicionadas no ranking montado pelo órgão americano. A maior parte da carne utilizada por grandes cadeias de restaurantes vem de animais criados em instalações industriais. Estes animais são rotineiramente alimentados com antibióticos – não apenas para tratá-los quando estão doentes, mas como medida preventiva, devido às condições superlotadas, sujas e não-naturais em que vivem – mas também para a “promoção do crescimento”. Há um grande problema com esta abordagem. Quando os antibióticos são adicionados em níveis baixos para a alimentação animal dia após dia, eles matam os germes fracos, deixando para trás os mais difíceis de destruir, causando uma seleção natural que acaba por criar as tais “superbactérias”. Estas então se espalham para as nossas famílias através de carnes, aves, pessoas, ar, solo e água – causando um risco para o público. Confira o relatório completo em inglês nesse link:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *