Dicas Nutricionais

Amaranto x Quinoa: quem ganha?

O Amaranto e a Quinoa compartilham muitas semelhanças, começando com uma história comum. Ambas fazem parte das culturas antigas, nativas da América do Sul que servem como alimentos básicos em muitas partes do mundo.

Embora o amaranto e a quinua sejam relativamente “novos” no mercado, eles estão ganhando popularidade porque contêm proteínas de qualidade, não têm glúten e ambos são fontes ricas em minerais. Outra semelhança entre os dois é que, tecnicamente, não são grãos de cereais.

Comparação de Amaranto x Quinoa

Embora o amaranto e a quinua sejam chamados de alimentos integrais, eles não são grãos de cereais verdadeiros. Ambos são sementes comestíveis chamadas pseudocereais porque compartilham muitas das mesmas características dos cereais integrais. Essas sementes são preparadas e consumidas da mesma forma que o arroz e a aveia. Você também pode encontrá-los em outras formas, como flocos ou moídos em farinha.

Ambos têm macronutrientes semelhantes. Uma xícara de amaranto cozido tem 251 calorias e 46 gramas de carboidratos totais, em comparação com a quinua com 222 calorias e 40 gramas de carboidratos, de acordo com o USDA. Cada um deles tem 5 gramas de fibra alimentar, que é 21% da ingestão diária recomendada para mulheres e 14% para homens.

Mais proteína do que grãos

O amaranto contém um pouco mais de proteína do que a quinua, mas ambos fornecem o dobro da quantidade obtida com arroz integral, aveia e trigo integral. O amaranto tem 9 gramas de proteína em uma porção de 1 xícara, enquanto a quinua tem 8 gramas, de acordo com o USDA. De acordo com a Harvard Health Publishing, a Dose Diária Recomendada (RDA) para proteína é de 0,8 gramas por quilograma de peso corporal.

Além da quantidade de proteína, a segunda vantagem que você obterá do amaranto e da quinua é a qualidade da proteína. A maioria dos grãos integrais é pobre no aminoácido lisina. O amaranto e a quinua contêm lisina suficiente para fornecer proteína completa.

Como um grupo, as vitaminas B mantêm o metabolismo funcionando ao apoiar enzimas que convertem os alimentos em energia. A vitamina B-6 ajuda a produzir serotonina, que estabiliza o humor e tem um papel na regulação dos ciclos do sono, de acordo com a Harvard Health Publishing.

Ambas as sementes são boas fontes de vitamina B-6., De acordo com o USDA. Uma xícara de amaranto contém 22% da sua RDA de vitamina B-6, em comparação com 18% da quinua. No entanto, a quinoa fornece cerca de 15% da sua RDA de tiamina e riboflavina, o que é quatro vezes mais do que você obterá do amaranto.

Não importa qual deles você escolha, ambos os grãos são fontes ricas em magnésio e zinco. Eles também fornecem um reforço de ferro, mas o amaranto tem duas vezes mais do que a quinua, de acordo com o USDA. O ferro é bem conhecido por seu papel no transporte e armazenamento de oxigênio e também ajuda a sintetizar DNA e é um componente dos antioxidantes que protegem os glóbulos brancos que trabalham para o sistema imunológico.

Onde encontrar?

Você encontra a Quinoa e o Amaranto na loja virtual da Zona Cerealista Online www.zonacerealista.com.br ou no aplicativo da Zona Cerealista disponível para Android e IOs. Enviamos para todo o Brasil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *