6 alimentos úteis para combater a doença de Alzheimer

6 alimentos úteis para combater a doença de Alzheimer

1. Azeite Extra-Virgem

Um estudo publicado em 2015 investigou a relação entre o consumo de azeite e a doença de Alzheimer e concluiu que o teor de fenol do azeite era uma substância promissora no combate à doença. A “dieta mediterrânea” também atuaria sobre o declínio cognitivo causado pelo avanço da idade

2. Leguminosas

As leguminosas são uma excelente fonte de micronutrientes, além de serem zero gorduras saturadas e zero gordura trans. Embora não existam estudos específicos que correlacionem a ingestão de leguminosas à redução do risco de desenvolvimento da doença, estudos têm concluído que o teor de nutrientes das leguminosas diminui o risco de doenças cardiovasculares e metabólicas – que estão relacionadas ao declínio cognitivo e à doença de Alzheimer.

3. Nozes

Uma pesquisa feita em 2014 concluiu que a ingestão de nozes foi capaz de melhorar a memória e as habilidades de aprendizagem de indivíduos afetados pela doença de Alzheimer. As nozes foram incluídas na dieta por 10 meses, os participantes do estudo apresentaram melhora na memória, na capacidade de aprendizagem, no desenvolvimento motor e na redução da ansiedade, ou seja, o oposto dos sintomas característicos observados em demência e doença de Alzheimer. O estudo concluiu que as nozes poderiam ter efeitos benéficos no retardamento do início ou na progressão da doença de Alzheimer.

4. Linhaça

As sementes de linhaça são ricas em ácidos graxos ômega-3, um nutriente que tem sido correlacionado à prevenção da doença de Alzheimer. Um estudo publicado em 2015 centrou no papel do ômega-3 na prevenção de doenças neurodegenerativas e seus resultados foram muito promissores na prevenção da demência e doença de Alzheimer. A suplementação de omega-3 na dieta foi capaz de prevenir ou retardar o aparecimento de várias formas de declínio cognitivo, melhorando a qualidade de vida em adultos.

5. Grãos inteiros

O consumo de grãos inteiros tem sido associado a atividades antioxidantes e anti-inflamatórias significativas que poderiam combater uma variedade de doenças inflamatórias crônicas. Um composto de grãos integrais foi utilizado num estudo realizado em 2015 e todos eles – aveia, cevada, arroz, trigo e centeio – apresentaram habilidades significativas para combater a doença de Alzheimer.

6. Berries – Frutas Vermelhas

Capazes de combater a inflamação causada por radicais livres que circulam na corrente sanguínea, as frutas vermelhas (berries), especialmente os morangos, conseguiram reduzir o estresse oxidativo e a inflamação no tecido cerebral, promovendo a comunicação neuronal e melhorando a função cerebral global. Isso promove a saúde do cérebro, especialmente no envelhecimento do cérebro, que foi o foco de outro estudo de 2008.

Esses produtos você encontra acessando nossa Loja Virtual www.zonacerealista.com.br

#zonacerealista #zonacerealistaonline

Deixe um Comentário